Após o amadurecimento ao longo de seis edições e confirmando questões discutidas em 2008 no “Lugar de encontrar o outro”, o ENARTCi 2009 (Encontro de Dança Contemporânea de Ipatinga) esclarece-se como “Emergência”. Não a hospitalar. Talvez. Melhor seria algo próximo à conotação política e econômica. Emergentes. Grupos/países que ao longo de sua história vem conquistando autonomia no fazer artístico.