Neste ano o grupo de dança contemporânea de Ipatinga, Hibridus Dança, comemora 15 de existência que, também, são de resistência, persistência e muito trabalho artístico. Para celebrar, uma o grupo promete um agenda cheia.

IPATINGA – Neste ano o grupo de dança contemporânea de Ipatinga, Hibridus Dança, comemora 15 de existência que, também, são de resistência, persistência e muito trabalho artístico, incluindo a participação das discussões de políticas públicas para cultura no município e no estado por entender que também é papel do artista estar engajado nas diversas periferias que envolvem e se relacionam com os processos de criação e experienciação. A atuação do Hibridus, que conta com o patrocínio da Usiminas, via Lei Estadual de Incentivo à Cultura, ao longo de sua trajetória, nas áreas artística, cultural e social resultou no reconhecimento, pelo Legislativo Municipal, como instituição de Utilidade Pública no município de Ipatinga (Lei nº 3037 de 29 de maio de 2012).
Parafraseando o sociólogo ipatinguense, Cláudio Letro, ‘Plantar dança contemporânea na terra do aço! Coisa de Louco. Dançar para revolver a terra-corpo e fazer florescer as linguagens da arte, a diversidade cultural; nascer o alimento para quem tem fome… desejo, necessidade, vontade’ o grupo segue em sua jornada preparando uma comemoração a mais esta boda.

CRIAÇÃO
Em parceria com o artista belo horizontino Tuca Pinheiro, o grupo está em processo de criação de seu mais novo trabalho. Neste processo os quatro artistas do Hibridus, Luciano Botelho, Maria Cloenes, Rosângela Sulidade e Wenderson Godoi junto a Tuca, que faz a direção, estão imersos, no Espaço Hibridus, onde experenciam diversos exercícios, conversam, assistem vídeos levantando material para esta nova criação.
Recentemente o grupo foi selecionado para participar da 6ª Edição do Festival de Dança de Itacaré, Bahia, entre os dias 12 a 18 de setembro, onde irá se apresentar com o trabalho Solos Hibridus, espetáculo indicado ao 2º Prêmio Copasa Sinparc de Artes Cênicas em 2015. No próximo dia 18 de agosto, através do artista Wenderson Godoi, o grupo participará da XIX Edição do Encontro de Festivais no Festival do Teatro Brasileiro na capital mineira, a convite do curador Marcelo Bones. Também em setembro a artista, Rosângela Sulidade, segue em continuidade com sua participação no espetáculo Dança Doente, de Marcelo Evelin, pela Alemanha, França, Portugal na Europa, Japão e também em Campinas, São Paulo.

ENARTECi
O grupo já está pensando a curadoria para a 14ª edição do ENARTCi – Encontro de Dança Contemporânea de Ipatinga que abriga a 5ª Edição do ENARTCinho – dança para crianças.
Outra ação que o grupo já vem fazendo desde o início do ano e disponibilizar todo seu acervo fotográfico em sua página no facebook, que conta com postagens de eventos datados de 1999 até dos dias atuais.

http://diariopopularmg.com.br/vis_noticia.aspx?id=16519
http://www.diariodoaco.com.br/ler_noticia.php?id=52539&t=hibridus-15-anos