Nós dos movimentos artístico-culturais e sociais do Vale do Aço vimos manifestar o nosso mais veemente repúdio aos ataques desferidos contra atividades artísticas e culturais pelo país afora, em um claro desrespeito às liberdades individuais e coletivas.

Atos perpetrados por grupos organizados da extrema-direita e parlamentares que, em evidente contrariedade à Constituição da República Federativa do Brasil, destilam ódio racial, religioso, de gênero e orientação sexual e promovem uma tosca manipulação da opinião pública, com o objetivo de fazer prevalecer uma ideologia fascista, moralista e excludente, por meio de informações que falseiam a realidade dos fatos, como foi no caso da exposição Queermuseu, acusada de incentivar a zoofilia, algo inexistente nas obras expostas.

Entendemos que a Arte e a Cultura são territórios de liberdade de expressão, o que fortalece a democracia e novas perspectivas de mundo, no qual possa emergir uma nova humanidade, mais solidária, amorosa, inclusiva, em que todas e todos tenham o seu direito humano de ser, sem restrições.

E, como forma concreta de expressar nosso repúdio a todas as formas de violação aos direitos humanos e às liberdades de expressão e manifestação, artísticas ou não, promoveremos uma virada cultural, denominada DESVIO CULTURAL, nos dias 8 e 9 de dezembro em Ipatinga.

Esse evento contará com a participação dos movimentos culturais da nossa região e será organizado de maneira independente e sem verbas públicas.

https://www.essencialar.com.br/single-post/2017/11/07/HIBRIDUS—Guerra-Midi%C3%A1tica