É a segunda vez que o grupo se apresenta no FID: primeira foi em 2005

Solos Hibridus_Nilmar Lage (32)

IPATINGA – O espetáculo de dança contemporânea do grupo ipatinguense Hibridus retorna à capital mineira na programação da edição de 2015 do Fórum Internacional de Dança – FID. É a segunda vez em que o grupo se apresenta no FID. A primeira vez foi em 2005 com a intervenção urbana Travessia, que foi coproduzida pelo fórum dentro do programa Território Minas.

PARCERIAS CONTRA A CRISE
O grupo Hibridus sempre se pautou por trabalhos colaborativos e pelos compartilhamentos, o que gera a criação de redes que vão consolidando suas ações artísticas. Este ano, diante desta crise econômica enfrentada pelo país, não se faz diferente. Em parceria com o FID o grupo se apresenta na programação fortalecendo a rede de compartilhamento já existente entre ambos, fazendo viva esta relação, não só pela programação artística, mas também pelo compartilhamento de ideias e saberes que giram em torno da produção, comunicação e sustentabilidade.

SOLOS HIBRIDUS
Espetáculo composto pelos solos ‘Prumo’ de Wenderson Godoi, ‘V de Tela’ de Rosângela Sulidade e ‘Re-forma’ de Luciano Botelho, foi criado em 2013 em comemoração aos dez anos do grupo. Para esta empreitada os artistas do grupo trabalharam com outros três artistas para criação dos seus solos. Prumo teve orientação do piauiense Marcelo Evelin, V de Tela sob direção de Dudude Herman de Belo Horizonte e Re-forma colaboração, do também belo horizontino, Marco Paulo Rolla. Os três solos serão apresentados no dia 05 de novembro às 20h30 no Galpão 1 da Funarte, dentro do programa Território Minas, e tem classificação livre.

http://www.diariopopularmg.com.br/vis_noticia.aspx?id=12432