Jornada de lutas contra a violência às mulheres é realizada em Ipatinga (MG)
Evento gratuito busca discutir feminicídio e violência contra a população feminina
Com o objetivo de debater sobre a violência contra as mulheres e o racismo, no próximo fim de semana será realizado em vários locais de Ipatinga (MG) o evento: #Marielle Presente – Jornada de lutas contra a violência às mulheres.
A Jornada que reunirá representantes das áreas da educação, saúde e cultura é gratuito e aberto à toda a comunidade sendo organizado pelo Grupo de Trabalho Gênero e Diversidade do Vale do Aço, Coletivo BIL, Hibridus Dança, Filó Incubadora Cultural, A Rua Declama, Rede de Mulheres Lésbicas e Bissexuais de Minas Gerais, Coletivo Aqualtune, Educafro e conta com o apoio da vereadora Lene Teixeira (PT).
Para a coordenadora do Grupo de Trabalho Gênero e Diversidade do Vale do Aço, a psicóloga Camila Mendonça, a discussão é um tema atual de suma importância para a comunidade. “Há pouco mais de um mês, Marielle Franco foi assassinada e nos fez mais uma vez lamentar as estatísticas que temos em relação à violência contra as mulheres. Esse é um assunto que precisa entrar na agenda dos vários setores profissionais. É necessário responsabilizar-nos pela sociedade em que estamos atuando e empoderar as bravas mulheres que nos rodeiam. ”
Programação:
Dia 19/04: Audiência Pública – Violência às mulheres e racismo
Local e Horário: Câmara Municipal de Ipatinga – 18h30
Composição da mesa: Maria das Graças (Pituth) e Marlene de Araújo
Maria das Graças (Pituth): Socióloga, assistente social, pós-graduada em Ensino de Sociologia. Militante do coletivo Aqualtune.
Marlene de Araújo: Possui graduação em Pedagogia, mestrado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2003) e doutorado em educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2015). Atualmente é professora do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais.

Dia 21/04: Cine Comentado
Roda de Conversa: Eu sou porque nós somos – os impactos do assassinato de Marielle na vida de mulheres lésbicas, bissexuais e trans
Local e Horário: Hibridus Dança – 18h30 (R. Vinte e Oito de Abril, 621, Sala 402 – Centro, Ipatinga)

Dia 22/04: Ações de Resistência:
– Oficina de Dança Afro com Fabíola Batista
– Sarau de Resistência com A Rua Declama
Local e Horário: Parque Ipanema às 16h (Teatro de Arena)