O projeto Ocupação Hibridus apresenta mais duas atividades, na próxima terça-feira, dia 22 de outubro às 19h, o grupo GT Gênero e Diversidade, dentro de sua proposta Cine Clube LGBT, irá exibir o filme Girl e logo após a exibição um bate papo com todos os presentes e convidados, Enzo, homem trans de 23 anos e Camila Oliveira, mulher trans Bacharel em enfermagem e autora do livro ‘Uma questão de gênero’.

A outra ação fica a cargo do artista da dança Carlos Passos da Flux Cia. De Dança e coordenador da Filó Incubadora, que fará uma abertura, um compartilhamento do processo de criação de seu mais novo trabalho ‘Dança para quem não quer enxergar’, no dia 29 de outubro as 19 horas.

A Ocupação Hibridus, que tem o patrocínio da Usiminas via Lei Estadual de Incentivo à Cultura, foi um programa do Hibridus Dança lançado no início deste ano, que busca inspirar, conectar e transformar a energia criativa do movimento.

Tornando, ainda mais o Hibridus, num espaço de compartilhamento, vivência, e intercâmbio de experiências e saberes.

Uma plataforma de incentivo e fomento aos processos criativos nas mais diferentes áreas da criação, produção e gestão nos âmbitos cultural e de inovação.

Um polo agregador entre os diferentes tipos de comunidades que formam a cena criativa de Ipatinga/MG. Um programa de cessão de espaço.

Sobre o GT – Grupo de Trabalho Gênero e Diversidade

É um espaço que se formou na tentativa de agregar profissionais multidisciplinares e comunidade, para unir forças e propor ações para discussões de gênero e diversidade.

Formado em 2016 e que contribui com ações culturais e informativas pela região do Vale do Aço, acerca da temática de gênero e diversidade.

Sobre o filme Girl

Lara (Victor Polster) é uma jovem menina de quinze anos, seu maior sonho é tornar-se uma bailarina profissional e, com a ajuda do pai, ela busca uma nova escola de dança para desenvolver sua técnica.

No entanto, a menina encontra dificuldades para adaptar-se aos movimentos executados nas aulas por conta de sua estrutura óssea e muscular, já que Lara nasceu no corpo de um menino.

Girl é um filme de drama belga dirigido por Lukas Dhont. Escrito por Dhont e Angelo Tijssens, foi exibido na mostra paralela Un certain regard no Festival de Cannes 2018. No festival, foi premiado com o Caméra d’Or, bem como pelo Queer Palm.

Data de lançamento: 10 de outubro de 2018 (França)

Direção: Lukas Dhont

Indicações: Prêmio do Cinema Europeu de Melhor Ator, MAIS

Prêmios: European Film Award Prêmio Revelação – Fipresci, Caméra d’Or, Un Certain Regard Award for Best Actor

Roteiro: Lukas Dhont, Angelo Tijssens

Classificação: 16 anos

Duração: 1h45

Sobre Carlos Passos

É integrante da Flux Cia. de Dança criada em 2005 e coordenador da Filó Incubadora Cultural – Ponto de Cultura de Ipatinga criado em 2018.

Dança para quem não quer enxergar é o novo processo de criação da montagem de um solo coreográfico do artista. A proposta é a montagem de um espetáculo crítico ao próprio processo de criação da arte e de protagonismos sociais como o Racismo, LGBTfobia e ao ativismo político. Além do compartilhamento será realizado um diálogo das temáticas abordadas.

Serviço

Exibição do filme ‘Girl’ seguida de bate-papo

Data: 22 de outubro, terça-feira

Hora: 19h

Classificação: 16 anos

Compartilhamento seguido de diálogo de’ Dança para quem não quer enxergar’

Data: 29 de outubro, terça-feira

Hora: 19h

Classificação: Livre

As atividades ocorrerão no Espaço Hibridus Dança – Avenida Vinte e Oito de Abril, 621 Sala 402 4º andar do JG Shopping Center – Centro de Ipatinga e gratuitas abertas a toda comunidade respeitando a classificação etária.

Maiores informações pelo fone 31 985513323.

https://www.essencialar.com.br/post/dan%C3%A7a-cinema-e-bate-papo-na-ocupa%C3%A7%C3%A3o-hibridus