Sobre

O projeto Acuenda é a realização da primeira edição de uma mostra direcionada para manifestações artísticas culturais com uma linha curatorial pautada pela diversidade de gênero. Realizado pelo Hibridus Dança e com o apoio da Secult e Governo de Minas Gerais, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e do Governo Federal. O Hibridus propõe a ocupação, de suas plataformas digitais, resultante de um processo curatorial e executado de forma virtual no canal no youtube e redes sociais, que sejam acessíveis a diferentes públicos, com espetáculos, oficina, exposição, mostra de cine LGBTQIA+, “Bixaria Literária” – Sarau-resistência, e simpósio com palestras, debates e reflexões a respeito do cenário artístico e cultural LGBTQIA+ em Ipatinga, região do Vale do Aço, em Minas Gerais e no Brasil, para promover o encontro de artistas, ativistas, pesquisadores e agentes da cena cultural LGBTQIA+ no interior mineiro. 

Assim, o Hibridus pretende contribuir para que novas oportunidades de monetização aconteçam neste momento de dificuldades impostas pela crise sanitária mundial. Possibilitar o acesso à comunidade LGBTQIA+ o protagonismo na cena artística cultural no interior mineiro, estimulando a visibilidade, segurança e o respeito.  Possibilitar o acesso à comunidade à fruição de uma programação artístico cultural LGBTQIA+ de qualidade, gratuita, no interior mineiro, com potencial transformador da sociedade. Desmistificar a cultura LGBTQIA+ em um momento em que o país vive censura às artes e a cultura, em especial à LGBTQIA+, promovendo a diversidade.

Programação

28 de Junho

Camila Oliveira – Exposição de Artes Plásticas – Ipatinga/MG

A 1ª edição do Acuenda – Mostra de Manifestações Artísticas Culturais Pautada pela Diversidade de Gênero, é dedicada a artista plástica, trans e militante dos …

Ver trabalho →
28 de Junho

Iuri Alves – Abalo – Mossoró/RN

19h | Duração: 22min |  Esta coreografia é uma tecnologia de agenciamento para ABALAR: Piso Política Ética Estética Confinamento Liberdade Território Corpo Dança. Para tanto, …

Ver trabalho →
28 de Junho

Coletivo BIL – Coletivo de Mulheres Bissexuais e Lésbicas Trans e Cis – Partilhando Saberes – conversando a gente se entende? – Ipatinga/MG

19h30 | Duração: 18min | É um breve vídeo formativo, atividade de educação popular do Coletivo BIL – Coletivo de Mulheres Bissexuais e Lésbicas Trans …

Ver trabalho →
29 de Junho

Diane Dias/GT Gênero e Diversidade – Por que conversar sobre gênero e diversidade na região do Vale do Aço? – Ipatinga/MG

19h | Duração: 18min |  Por que conversar sobre gênero e diversidade na região do Vale do Aço? Com essa pergunta, o Grupo de Trabalho …

Ver trabalho →
29 de Junho

Adilsom Mariano – Roberto Carlos em o que me incomoda – Ipatinga/MG

19h30 | Duração: 16min |  Roberto Carlos é um homem de meia idade que está inconformado com diversas situações relacionadas a sua orientação sexual. Segundo …

Ver trabalho →
30 de Junho

Gustavo Nascimento – Dengo – Coronel Fabriciano/MG

19h | Duração: 30min |  Dengo é um filme produzido com recursos da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc durante a pandemia do novo coronavírus. …

Ver trabalho →
30 de Junho

Carlos Passos/Filó Incubadora Cultural – Ballroom – Ipatinga/MG

19h30 | Duração: 30min |  Ballroom é um documentário performático composto por depoimentos de militantes LGBTQIA+ e performances de dança contemporânea embasada na pesquisa de …

Ver trabalho →
1 de Julho

Rômulo Gonçalves Amaral – Maquiagem Drag: passo a passo – Timóteo/MG

19h | Duração: 15min |  Maquiagem Drag: passo a passo, neste vídeo, o artista e maquiador Rômulo Amaral busca propagar e fortalecer a arte drag …

Ver trabalho →
1 de Julho

Bruny Murucci/Instituto Cultural In-Cena – SARAU COSTURANDO TRETAS DA LGBTudo – Teófilo Otoni/MG

19h30 | Duração: 60min |  O SARAU COSTURANDO TRETAS DA LGBTudo consiste em 5 ações, com duração total de 60 minutos, transmitidas ao vivo pelas …

Ver trabalho →
2 de Julho

Trupe de Truões – Procura-se um mozão – Uberlândia/MG

19h | Duração: 32min |  “Procura-se um mozão” é uma produção da Trupe de Truões. Um monólogo do Palhaço Jhuca Tchutchuca, interpretado pelo ator Ricardo …

Ver trabalho →
2 de Julho

Simpósio

20h | Duração: 60min |  Roda de conversa com es selecionades tem como meta promover o diálogo e a reflexão cultural sobre o cenário LGBTQIA+ …

Ver trabalho →

Resultado Convocatória Acuenda

O Brasil é o país que mais mata LGBTQIA+ e de acordo com a ILGA (Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros e Intersexuais), o país ocupou o primeiro lugar na quantidade de homicídios por motivação LGBTQIA+fóbica; Discutir questões da comunidade LGBTQIA+, suas especificidades, cultura, aceitabilidade e outras tantas abordadas em uma programação com espetáculos, filmes, exposição, formação, é de extrema importância, não só informa, mas pode criar empatia, humanidade, pois a arte dá liberdade de olharmos para tudo de outro ponto; Tomar ciência de outras formas de viver LGBTQIA+; Criar um espaço de discussões que acolha formas possíveis de ser LGBTQIA+, espaço de conscientização, informação e compartilhamento; Conectar-se a arte que nos dá liberdade para assumir quem realmente somos e consciência para lutarmos por espaços subjugados por uma sociedade LGBTQIA+fóbica; Valorizar o trabalho de pessoas LGBTQIA+, principalmente para apoiar a disseminação de projetos relevantes escondidos sob o peso do preconceito.

A 1ª Edição do Acuenda, que conta com o apoio da Secult e Governo de Minas Gerais, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e do Governo Federal, dá início a sua programação com a convocatória Acuenda. As atrações são de pessoas LGBTQIA+ que se inscreveram para exibir seus trabalhos nas plataformas digitais do grupo Hibridus Dança, idealizador do projeto. 

O grupo recebeu diversas propostas das mais variadas cidades do país e de várias áreas artísticas como dança, teatro, audiovisual, artes plásticas, reflexão teórica dentre outras.

Uma grande força-tarefa foi realizada para a avaliação das propostas, das quais 09 (nove) foram selecionadas contemplando a maioria destas áreas artísticas bem como considerando as cidades da região do Vale do Aço. Todas as propostas passaram pela triagem de documentação e adequação às regras da convocatória, e em seguida, as aprovadas nesta triagem, foram analisadas e discutidas pelos curadores do projeto, que destacam não somente o grande número de projetos de qualidade inscritos como sua diversidade, entendendo a importância do compartilhamento de diferentes perspectivas e experiências neste momento.

Foi dado um relevo para projetos das cidades do Vale do Aço inscritos, já que recebemos inscrições até fora do Estado, enriquecendo a possibilidade de trocas entre cenários distintos. “Esperamos que seja uma experiência enriquecedora para o público que irá assistir aos vídeos”, salienta o diretor do Grupo Hibridus, Wenderson Godoi.

O pagamento des selecionades será feito mediante o envio de nota fiscal em nome do proponente, assim como envio de foto em alta resolução, termo assinado, e envio do vídeo de acordo com esta convocatória. No caso de Live fica de responsabilidade de proponente providenciar todo material e equipamentos necessários para a transmissão como câmera, smartphones e rede de internet com banda larga suficiente para a ação.

Os vídeos podem ser realizados com equipamento amador (celulares e filmadoras), desde que apresentem qualidade mínima para visualização e audição da ação artístico-cultural e devem conter as especificações técnicas constadas na convocatória.

O material finalizado será disponibilizado por tempo indeterminado nas plataformas digitais do Hibridus, a programação acontecerá de 28 de junho a 02 de julho. Os vídeos devem ter ficha técnica e os arquivos contendo os vídeos devem ser entregues até dia 25 de junho, ao grupo, via link pelo google drive, incluindo inserção de arte gráfica, logomarcas e ficha técnica que será disponibilizado pelo Hibridus.

Todo o conteúdo disponibilizado pele proponente estará sujeito à aprovação pela equipe do Hibridus que é responsável pelo projeto. Es proponentes serão contatades diretamente pelo Hibridus Dança por meio de ligações telefônicas.

Solicitamos como contrapartida es selecionades:

Replicar os conteúdos do Acuenda em suas mídias sociais;
Participar ativamente dos encontros de articulação da Rede Acuenda assistindo e compartilhando os vídeos seus e des selecionades na programação; (Faremos 01 encontro, no dia 2 de julho, no encerramento do projeto).
Gravar pílulas em vídeo, convidando o seu público para assistir o lançamento do seu vídeo;
Divulgar os eventos da iniciativa.

A curadoria ainda selecionou cinco projetos suplentes que somente serão chamados caso os projetos aprovados não confirmem interesse ou não apresentem vídeos na conformidade e no tempo adequado.

As 09 propostas selecionadas estão abaixo descritas em ordem alfabética:

  1. Adilson Mariano – Roberto Carlos em o que me incomoda – Ipatinga/MG
  2. Bruny Murucci/Instituto Cultural In-Cena – SARAU COSTURANDO TRETAS DA LGBTudo – Teófilo Otoni/MG
  3. Carlos Passos/Filó Incubadora Cultural – Ballroom – Ipatinga/MG
  4. Coletivo BIL – Coletivo de Mulheres Bissexuais e Lésbicas Trans e Cis – Partilhando Saberes – conversando a gente se entende? – Ipatinga/MG
  5. Diane Dias/GT Gênero e Diversidade – Por que conversar sobre gênero e diversidade na região do Vale do Aço? – Ipatinga/MG
  6. Gustavo Nascimento – Dengo – Coronel Fabriciano/MG
  7. Iuri Alves – Abalo – Mossoró/RN
  8. Rômulo Gonçalves Amaral – Maquiagem Drag: passo a passo – Timóteo/MG
  9. Trupe de Truões – Procura-se um mozão – Uberlândia/MG

Os projetos suplentes serão convocados na ordem em que aparecem na lista abaixo:

  1. Natália Fabíola Rocha Fonseca – Documentário ‘De Kaio a Samantha – ETERNA QUARENTENA’ – Ipatinga/MG
  2. GRUPO TEATRAL BOCA DE CENA – Os Cegos – Ipatinga/MG
  3. Camila Mendonça/GT Gênero e Diversidade – O que é um corpo? O que é um corpo na cidade? – Ipatinga/MG
  4. ITALO AUGUSTO FERNANDES MOREIRA – 4.000 Fugas – Belo Horizonte/MG
  5. BIANKA GOMES – MINI DOCUMENTÁRIO A HISTORIA DA TIANA – Governador Valadares/MG

 

Curadoria:

Luciano Botelho
Artista da dança e coordenador de comunicação do Hibridus.

Wenderson Godoi
Artista da dança e produtor cultural do Hibridus.

webdesign fipdesign.com.br