ENARTCi/2009 – 7ª Edição
EMERGÊNCIA

EMERGÊNCIA é o mote da 7ª Edição do ENARTCI… Por conta das urgências de cada um de nós; das contradições que encerram nossas vidas; das inquietações e desejos de dizer; e por tantos motivos mais, ainda que não saibamos quais…
Os olhos podem ver: um feto, um broto, um arroto, uma nuvem, uma voz… Sabe-se lá, o quê! O novo mais velho dentre todas as coisas, Dissonante? Inusitado? Perigoso? Silencioso? Alterativo? Domesticado? Emergências, quantas são aqui e acolá? Anunciadas, denunciadas, deturpadas, negadas, postiças, pastiches. Importa saber pra onde apontam as tais “emergências”. São elas devotas da encruzilhada pós-moderna? São mulas, são mancas? Fecundas? Estéreis? É preciso perguntar pelas emergências.
Avistando, pois, a dança contemporânea nas terras do Vale do Aço, o ENARTCI propôs, em sua 7ª Edição, uma experiência de integração entre Hibridus, Flux. Cia. de Dança, MeiaCia Dança-Teatro, Gesse Rosa e Kátia Rozato. Uma experiência embrionária cujo intento maior é a afirmação da pluralidade, a construção da autonomia e o aprofundamento do diálogo entre esses Grupos/Artistas. Para isso, além de co-produzir criações desses Grupos, o ENARTCI2009, em suas quatro etapas, está propiciando a realização de um estudo coletivo.
1. Imersão com esses Grupos/Artistas no CED – Centro de Estudos em Dança/São Paulo, no período de 23 a 29 de agosto, com a presença de Marcelo Evelin/Teresina, Marina Sarmiento/Buenos Aires e Helena Katz/SP, vivenciando experiências em processos de criação que instigavam o artista a se deslocar do terreno da sua capacidade pessoal e produzir conhecimento coletivamente. Neste período, os grupos/artistas realizaram um encontro na PUC-SP.
2. Co-produção de trabalhos do Hibridus, Flux. Cia. de Dança, MeiaCia Dança-Teatro, Gesse Rosa e Kátia Rozato, com ajuda de custo para cada Grupo; encontros com o antropólogo Cláudio Letro; e realização de ações conjuntas nos espaços dos Grupos.
3. Encontro em Ipatinga, no período de 31 de outubro a 04 de novembro de 2009, no Teatro do Centro Cultural USIMINAS, promovendo as estréias dos trabalhos dos Grupos/Artistas, seguidas de bate-papo com o público; além de mostra vídeodança e conversa sobre políticas públicas para a dança. Somam-se a esse Encontro as parcerias com o 1,2 na Dança, o Coletivo O12, e Escamilla Soluções Culturais.
4. Edição e distribuição de um Caderno contendo textos reflexivos (uma espécie de diário de bordo) dos artistas/grupos sobre a experiência vivenciada.
Ainda como desdobramento desta edição Hibridus e Flux Cia. de Dança, através do ENARTCi e Corpografias Residência Artística Internacional co-produzem o Proyecto Ligado com um intercâmbio na Argentina no período de 11 à 25 de novembro nas cidades de Buenos Aires, Córdoba e La Plata, com espetáculos, laboratório de criação em vídeodança e encontro de criadores.
Cláudio Lettro e Wenderson Godoy